Brasil Novo Notícias: Agosto 2020

segunda-feira, 31 de agosto de 2020

PARÁ É UM DOS ESTADOS COM MAIS GESTORES NA LISTA DOS ‘FICHA-SUJA’


Levantamento parcial feito pela Associação de Membros dos Tribunais de Contas do Brasil (Atricon) mostra que mais de 11 mil gestores públicos condenados por atos administrativos em segunda instância devem ser enquadrados na Lei da Ficha Limpa o que os impedirá de concorrer nas eleições deste ano. O Estado do Pará é um dos líderes desta lista nacional, com 1,2 mil nomes de prefeitos, vereadores, servidores e funcionários de empresas com parcerias públicas que estão impedidos de concorrer ao pleito eleitoral de novembro.
No geral, o Pará responde por 11% dos nomes já identificados, atrás somente dos registros do Ceará, com 2,9 mil citações (26%); e de Minas Gerais, com 1,49 mil (13,5%). A pesquisa parcial leva em conta dados de 15 estados que já se anteciparam ao prazo de 25 de setembro, quando todos os tribunais deverão encaminhar seus relatórios à Justiça Eleitoral. No caso do Pará, os dados foram remetidos ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PA) pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE-PA) no último dia 13.
São gestores públicos, cujos processos já transitaram em julgado nos últimos oito anos, ou seja, não cabem mais recursos na esfera administrativa. As principais irregularidades cometidas pelos gestores “ficha-suja” estão não ter atingido o percentual mínimo de gastos com Saúde e Educação, realização indevida do recolhimento de contribuições previdenciárias ou de licitações e atos de improbidade administrativa que culminaram em prejuízos ao contribuinte.
“Eu não gosto de tratar esses casos como ‘ficha-suja’ porque não é uma atribuição dos tribunais de conta fazer essa análise. Isso compete à Justiça Eleitoral definir quem se torna, eventualmente, inelegível em função de uma conta reprovada”, destaca o conselheiro do TCE da Paraíba e presidente da Atricon, Fábio Nogueira. Ele ainda chama a atenção que esse levantamento inédito traz à luz o grande número de gestores com contas irregulares ou rejeitadas, principalmente no Pará.
“O quadro ideal, a rigor, seria aquele onde houvesse um número mínimo de gestores públicos incluídos nas listas em que os tribunais de contas encaminham à Justiça eleitoral. Isso seria um reflexo de que os gestores públicos estariam aptos a gerir a coisa pública. Mas, lamentavelmente, esse é um quadro que se repete a cada ano eleitoral, com números cada vez mais expressivos. E o pior, esse número vai aumentar, consideravelmente, até o dia 25 de setembro, que é o prazo estabelecido pela Justiça Eleitoral. Vale lembrar, que esse é, apenas, um levantamento parcial”, diz.
Fábio Nogueira ressalta que os tribunais estão investindo no controle preventivo, orientando previamente o gestor a evitar os danos ao erário. “Os tribunais de conta estão investindo, cada vez mais, na sua função pedagógica. As escolas de contas dos tribunais produziram, nos últimos dois anos, cinco mil cursos, capacitaram 600 mil gestores públicos, dentro desse viés que a gente tem denominado de controle fiscal contemporâneo. Ou seja, fazer biópsia ao invés de fazer autópsia. É, preventivamente, orientar e preparar o gestor público para essa difícil missão de gerir a coisa pública.”
Além do Ceará, Minas Gerais e Pará, a lista de gestores condenados conta ainda com os números dos Estados de Santa Catarina (1.024), Piauí (764), Tocantins (653), Amazonas (616), Paraíba (430), Mato Grosso (375), Rio Grande do Sul (352), Amapá (130), Roraima (129), Goiás (21) e Alagoas (12). As listas são feitas para atender a leis como da Ficha Limpa, criada em 2010, e da Inelegibilidade, de 1990, que tornam inelegíveis condenados por decisão de órgão colegiado e que tiraram da disputa de 2018 nomes como o ex-presidente Lula.

PARÁ ESTÁ ENTRE OS CINCO ESTADOS COM RETORNO DE AULAS PRESENCIAIS CONFIRMADO


O Pará está entre os cinco estados que já têm previsão para retomar as aulas presenciais. Os demais estados confirmados são Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo. A volta às aulas no Pará está marcada para o dia 1º de setembro, e vai alcançar os ensinos infantil, fundamental, médio e superior. A determinação do decreto estadual vale para municípios classificados com as bandeiras amarela, verde e azul.
Em Belém, porém, essa volta está programada para setembro, mas ainda está sem data definida. Sabe-se apenas que o sistema será híbrido, com uma parte de alunos presencialmente e outra parte atendida em atividades educacionais não presenciais.
Apesar da liberação em decreto nesses locais, a sinalização de volta às aulas presenciais ainda está sujeita a alterações, a depender da evolução da pandemia do novo coronavírus nos próximos dia.
Nos demais 20 estados e no Distrito Federal ainda não há nenhuma data definida para a retomada. Cenário semelhante ocorre nas redes municipais das capitais e na rede particular.
O Amazonas foi o único estado que já retomou as aulas prenciais, em 10 de agosto, embora professores tenham pedido ao governo estadual a suspensão das aulas por causa do aumento de casos de covid-19 entre a categoria, mas o pedido não foi acatado.
Fonte: G1

GOVERNO DO PA RECORRE DE DECISÃO DA JUSTIÇA FEDERAL QUE MANTEVE REAJUSTE DE 2,68% NAS CONTAS DE ENERGIA


A Procuradoria-Geral do Estado (PGE) entrou com uma ação na Justiça Federal na última sexta-feira (28) contra a decisão que manteve o reajuste médio de 2,68% na tarifa de energia elétrica no Pará. O recurso é contrário a sentença que negou o pedido liminar que solicitava a suspensão do reajuste. Segundo a PGE, o novo documento solicita o cancelamento do reajuste até que o mérito do recurso seja julgado, sob pena de multa diária de R$ 1 milhão.
A primeira ação foi negada no dia 21 de agosto. O juiz Jorge Ferraz de Oliveira Júnior, da 5ª Vara, entendeu na decisão que o aumento da tarifa de energia, autorizado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e pela Equatorial Energia Pará, não era ilegal. Na ocasião, o pedido liminar enviado pelo Ministério Público Federal (MPF), Ministério Público do Estado do Pará (MPPA) e Defensoria Pública do Estado (DPE), alegava que o aumento da conta de energia representava agravamento da vulnerabilidade social dos consumidores.
No pedido negado pela Justiça, os autores afirmavam que o reajuste “representa agravamento da vulnerabilidade social dos consumidores durante a pandemia da Covid-19”. Além disso, a ação também argumentou que há dois anos a Aneel já havia autorizado outro reajuste, dessa vez de 11,75%. A ação também disse que o aumento da tarifa feria os princípios básicos da razoabilidade e da proporcionalidade.
De acordo com o governo do Pará, o documento enviado nesta sexta (28) pela PGE também entende que o reajuste afeta diretamente os direitos do consumidor. Além disso, a PGE alega que reajustes na conta de energia necessitam da participação da sociedade civil e dos órgãos de defesa do consumidor, por meio de audiência ou consulta pública.
“O tema é de total interesse público, ainda mais levando em consideração o momento de pandemia que estamos vivendo, e até mesmo dando a possibilidade para que seja avaliada legalidade ou não desse ato por todos os envolvidos no processo”, explicou o procurador-geral do Estado, Ricardo Sefer.
De acordo com o recurso, o governo Pará utiliza o mesmo argumento da primeira ação, de que é ilegal o aumento da taxa de energia sem a participação popular. O governo alega, ainda, que os critérios adotados pela agência no Pará foram diferentes dos utilizados em outros estados, como Roraima, onde foi aprovado a abertura de consulta pública e, em seguida, a revisão na tarifa.
Reajuste
Segundo a Aneel, o reajuste seria maior sem o empréstimo de socorro ao setor elétrico. Segundo a agência, esse dinheiro repassado às empresas evitou um reajuste extra de 6,03% nas contas de energia do estado.
No total, serão transferidos R$ 14,8 bilhões às distribuidoras de energia por meio do empréstimo. O valor será pago com recursos que virão de um encargo a ser cobrado nas contas de luz a partir do próximo ano.
Na prática, o empréstimo antecipou às distribuidoras valores extras que seriam pagos pelos consumidores nas contas de luz de 2020. Entre eles, o custo do adiamento dos reajustes tarifários do primeiro semestre de 2020, por causa da pandemia da Covid-19.
Fonte: G1 Pará

EM RURÓPOLIS, PRF APREENDE VEÍCULO FRAUDADO NA MODALIDADE ”CLONE”

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o veículo com sinais de adulteração é uma Hilux de cor prata, registrada na capital Recife, em Pernanbuco, em nome de ”ABC Componentes Hidráulicos Ltda EPP, com registro de roubo em 24 de janeiro de 2017, na própria cidade recifense.
Os agentes rodoviários federais abordaram o veículo no km 801 da BR-163, e o motorista, que não teve a identidade divulgada, apresentou o documento de porte obrigatório, cujo formulário, segundo a PRF, apresenta registro de roubo/furto/extravio no estado do Rio Grande do Norte.
Após análise dos elementos de identificação veicular, a equipe constatou que o veículo é fraudado, na modalidade “clone”. Os dados aparentes não condizem com o verdadeiro veículo. Foi constatada adulteração do NIV (Número de Identificação Veicular) por supressão e remarcação, substituição das etiquetas originais e remarcação dos vidros.
À PRF, o condutor do veículo ainda relatou que adquiriu a caminhonete de uma pessoa conhecida como Zé Carlos, na Vila Caracol, no município de Trairão, região sudoeste do Pará. Ele disse que pagou pelo veículo a importância de R$ 95 mil, sendo a entrada um caminhão no valor de R$ 45 mil e posteriormente, com a comprovação de que a caminhonete estaria devidamente quitada, faria o pagamento do restante do valor, ou seja, R$ 50 mil. Ele afirmou que desconhecia o fato do veículo ter origem ilícita.
Com a configuração dos crimes de receptação, adulteração de sinal identificador de veículo automotor e falsidade ideológica, o veículo recuperado foi apreendido pela Polícia Rodoviária Federal e o condutor liberado após assinatura de termo de compromisso de comparecimento, porque a delegacia de Polícia Civil estava fechada e não havia servidores para o recebimento da ocorrência.
A PRF informou ainda que o veículo será posteriormente apresentado à Polícia Civil para os procedimentos que o caso requer.
Fonte: O Liberal

DEPÓSITO DO CRIME! PF APREENDE QUASE UMA TONELADA DE DROGAS NA REGIÃO DO BAIXO XINGU EM PORTO DE MOZ.

Após investigações, a polícia federal fez hoje(27) uma diligência até a localidade do rio Maxipanã, em Porto de Moz no baixo Xingu, mais de mil quilos de drogas foram apreendidas.
A polícia federal saiu ainda pela manhã da cidade de Vitória do Xingu, e retornou por volta das 16h.
Toda a droga foi transportada em uma embarcação, foram cerca de 9 horas de operação até o retorno para Altamira.
Segundo o delegado da polícia federal, Mário Sérgio, que coordenou a equipe em campo, o local funcionava como um depósito do crime. A polícia federal chegou a usar um carrinho para levar os pacotes lacrados de entorpecentes até os veículos, todo o produto estava escondido em um buraco dentro de um curral. A apreensão representa um grande prejuízo para os traficantes.
Durante a operação ninguém foi preso, mas a Polícia Federal seguirá com as investigações a fim de determinar os autores e responsáveis, além de tratar dados coletados no local.
A policia federal divulgou ainda essa noite(27) que a droga será enviada para Belém, para a perícia e logo após, para incineração. Foram apreendidos cerca de 13kg de crack e mais de 900 kg de cloridrato de cocaína, o valor estimado da mercadoria chega em aproximadamente R$ 30 milhões.
Ainda não se sabe a origem certa da droga apreendida, mas suspeita-se que a região seja uma “escala”, utilizada no transporte da droga até Macapá ou Belém, e de lá para a Europa; ou para o Nordeste do país, utilizando-se os ramais rodoviários e fluviais para escoamento.

Por: Noticias da Hora (Com informações de Felype Adms e Polícia Federal )

quinta-feira, 27 de agosto de 2020

CASAL QUE ESTAVA DESAPARECIDO É ENCONTRADO MORTO EM GOIANÉSIA DO PARÁ

Segundo a polícia, o carro do casal foi encontrado nesta quinta-feira (27), em uma área de mata próximo ao município em Goianésia Do Pará, no sudeste do estado. Os corpos foram encontrados após quatro dias do desaparecimento, em uma região ruim de sinal de celular, e graças a um helicóptero que fazia sobrevoo na área.
A princípio, pelas características, teria sido um acidente um capotamento e o carro teria ficado bastante danificado e infelizmente o professor da Universidade Federal Do Pará, Nielson Ribeiro Da Paixão, e a esposa Chein Yin Mein, administradora que trabalhava na área De Belo Monte.
O casal saiu de Altamira com destino à Belém no último domingo e infelizmente não chegou à capital.

A investigação segue.

TRAGÉDIA: TRÊS PESSOAS MORREM EM GRAVE ACIDENTE NA TRANSAMAZÔNICA, ENTRE ELAS UMA CRIANÇA DE UM ANO

A frente da caminhonete ficou
totalmente destruída
 
Um trágico acidente de proporções gravíssimas aconteceu final da manhã desta quarta-feira, 26 de agosto de 2020, mais precisamente por volta das 11hs30min, na Rodovia Transamazônica (BR-230), em um trecho conhecido por “Curva da Morte”, há cerca de 06 km do município de Placas, no sudoeste do Pará.
O acidente foi entre uma caminhonete modelo HILUX-SRV, BRANCA, PLACA JKJ 9003 e uma moto, que pegou fogo após o acidente. A batida foi frontal, as três pessoas que morreram no acidente estavam em uma moto, identificadas por Jefferson, que estava pilotando a moto; Graciane Ramalho Cardeal (que vinha na carona) e; uma criança de 01 ano de idade, conhecida por Jasmin.
Momento em que a moto
pegava fogo
Segundo informações, Garciane ainda foi socorrida com vida e estava sendo encaminhada para Santarém, mas não resistiu à gravidade dos ferimentos e faleceu no meio da viagem. A batida foi tão violenta, que a moto explodiu no meio do asfalto.
As vítimas moravam no município de Placas. Policiais militares e civis estiveram no local do acidente. Os corpos foram removidos para a cidade de Placas.

Fonte: Portal Santarém e Blog do Junior Ribeiro

quarta-feira, 26 de agosto de 2020

GOVERNO ABRE LINHA DE CRÉDITO DE ATÉ R$ 15 MIL PARA MOTOTAXISTAS COM TAXA DE JUROS MENSAIS DE 0,89%

O empréstimo já estará disponível no Banpará a partir de 26 de agosto, o limite dos empréstimos é de R$ 15 mil.

A categoria já podem ter acesso a empréstimos
no Banpará, com limite de R$ 15 mil -
Foto: Reprodução/Xingu230
O governo do Pará anunciou na noite desta terça-feira (25), uma iniciativa para mototaxistas, interessados em trocar ou melhorar seus instrumentos de trabalho.
A categoria já podem ter acesso a empréstimos no Banco do Estado do Pará (Banpará), com limite de R$ 15 mil e prazo de até 48 meses para pagar. Outras vantagens da linha de crédito para os trabalhadores são carência de 90 dias para o pagamento da primeira parcela e juros mensais de 0,89%.
O benefício, já estará disponível a partir desta quarta-feira (26) em agências do Banpará instaladas em 109 municípios do Pará.
O anuncio foi feito pelo Governador Helder Barbalho e pelo presidente da instituição financeira, Braselino Assunção, em vídeo divulgado nas redes sociais.
"Estamos lançando um programa de apoio para esta categoria fundamental aos paraenses", afirmou o governador, ressaltando que o acesso ao crédito é "uma maneira de garantir a renovação da frota, e mais qualidade e segurança, graças a um melhor equipamento”.
Critérios
Mesmo não tendo um volume de recursos pré-determinado pelo governo, pois atenderá à demanda, o pedido de empréstimo passará por análise de crédito. O solicitante também deve estar regularizado em uma associação e/ou entidade de regulamentação da atividade.
Segundo Braselino Assunção, “é mais uma linha de crédito lançada pelo governo do Estado, por meio do Banpará, para atender uma categoria que é muito importante para o desenvolvimento deste Estado, na medida em que faz o transporte de uma grande massa da população”.

MPPA recorre e Justiça decide afastar novamente prefeito de Vitória do Xingu do cargo

O TJPA reconsiderou decisão que havia determinado o retorno ao cargo do prefeito de Vitória do Xingu

O desembargador José Maria Teixeira do Rosário, do Tribunal de Justiça do Estado do Pará (TJPA), reconsiderou nesta terça-feira (25) decisão que havia determinado o retorno ao cargo do prefeito de Vitória do Xingu, José Caetano Silva de Oliveira. José Maria Teixeira do Rosário entendeu que existem provas robustas de que a permanência do prefeito no cargo ameaça a instrução do processo. Dessa forma, a decisão cautelar de primeiro grau que afastou o prefeito volta a valer.
O recurso foi interposto pelo Ministério Público por meio do promotor de justiça Daniel Braga Bona que juntou documentos e depoimentos de testemunhas, atestando que o prefeito, ao saber do seu afastamento, esvaziou as contas públicas e afastou diversos servidores dos seus cargos, obstruindo o acesso de outros aos seus postos de trabalho.
Entre as irregularidade apontadas pelo Ministério Público está a existência de servidores fantasmas na prefeitura de Vitória do Xingu, comprovada pela não assinatura da folha de ponto. O Ministério Público também apresentou depoimentos de servidores da contabilidade que foram impedidos de entrar no setor ou foram realocados, com a finalidades de não terem acesso a documentação lá produzida. Quando a Justiça, em decisão anterior, autorizou o retorno do prefeito ao cargo servidores efetivos relataram que foram transferidos para outros setores e até mesmo impedidos de ter acesso as dependências da Prefeitura.
“Analisando as razões do agravo interno interposto, assim como os documentos juntados pelo parquet, vislumbro fundamento jurídico para reconsiderar a decisão impugnada. Isso porque, percebo por meio dos depoimentos juntados que há prova robusta de que o então prefeito de Vitória do Xingu, ora agravado, representa ameaça a instrução do processo”, diz o texto da decisão do desembargador José Maria Teixeira do Rosário. O Prefeito foi intimado da decisão da Justiça e tem 15 dias para se manifestar.
Assessoria de Comunicação do MP/PA

Altamira: Polícia Civil desarticula quadrilha especializada em roubo e desmanche de carros

Nesta quarta-feira (26), agentes de segurança prenderam três pessoas no município de Altamira
Três homens que fazem parte de um grupo criminoso responsável pelo roubo de caminhonetes foram presos no município de Altamira, na manhã desta quarta-feira (26). A operação realizada pela Polícia Civil também cumpriu cinco mandados de busca e apreensão e investiga o esquema de desmanche e vendas de peças de carros roubados.
Durante a ação também foram encontradas peças de dez veículos roubados na região sudeste do Pará e nos estados do Tocantins e Goiás nos anos de 2013, 2018, 2019 e 2020.
“O trabalho de investigação será realizado de forma minuciosa. Um dos presos, proprietário de uma locadora, tem vários veículos no nome dele e contratos com as prefeituras de Altamira, Medicilândia e Pacajá. Durante a apuração detectamos que a quadrilha pega os carros roubados, desmancha e coloca as peças nos carros locados. Por conta disso, os veículos passarão por perícia”, informou o delegado Thiago Carneiro, superintendente regional do sudeste do Pará.

MOTORISTA PERDE O CONTROLE DO VEÍCULO BATE EM BARRANCO E CAPOTA VÁRIAS VEZES NA ESTRADA DA SERRINHA EM ALTAMIRA/PARÁ


Era por volta das 11h30 da manhã desta segunda-feira (24), quando o Corpo de Bombeiros de Altamira foi acionado para atender uma ocorrência de acidente de trânsito na Rodovia Magalhães Barata estrada que dá acesso a comunidade da Serrinha na frente do loteamento Viena.
Segundo informações, o motorista do veículo, identificado como " Rodrigo Takachima" de 41 anos, trafegava na estrada sentindo Serrinha quando perdeu o controle seu veículo provavelmente ao passar por uma poça de água fazendo o carro aquaplanar na pista vindo a bater em um barranco e capotando várias vezes.
O corpo de bombeiros ao chegar no local, o motorista que estava sozinho no carro, já se encontrava fora do veículo sendo amparado por populares que passavam pelo local. Ele foi atendido pelo Socorristas do Corpo de Bombeiros que fizeram os primeiros atendimentos pré-hospitalar e logo em seguida foi encaminhado até a Upa.
Uma equipe do Demutran de Altamira também foi informada sobre o acidente e estiveram no local realizando os procedimentos cabíveis sobre o ocorrido.

CARRETA ATINGE POSTE DE ENERGIA ELÉTRICA EM MEDICILÂNDIA.


O acidente foi registrado na manhã desta terça-feira(25), na rua Henrique Dantas no centro de Medicilândia.
Segundo as primeiras informações apuradas no local, o motorista da carreta acionou os freios para estacionar na via, em um área de ladeira, mas o veículo acabou descendo de ré.
A carreta atingiu uma moto que ficou completamente destruída e também um poste que comportava dois transformadores, deixando o bairro sem energia elétrica.
Ninguém ficou ferido no acidente, apesar do susto o motorista passa bem e não soube explicar a causa do acidente. Ele foi até a delegacia de Polícia Civil de Medicilândia registrar um boletim de ocorrência. A carreta seguia para um depósito de móveis quando o acidente aconteceu.

Por: Notícias Da Hora (Edlene Gonçalves)
Fotos: Rede Sociais.

EMPRESÁRIO MORRE E SETE FICAM FERIDOS EM GRAVE ACIDENTE NA REGIÃO GARIMRPEIRA DE ITAITUBA.


O acidente ocorreu em um perímetro do Km 24 da rodovia Transgarimpeira a cerca de 3 quilômetros da comunidade Jardim do Ouro, em Itaituba, e deixou um empresário de Novo Progresso morto e outras sete pessoas feridas na manhã desta terça-feira (25).
De acordo com informações apuradas, o veículo, modelo L200 Triton de cor prata, que estava sendo conduzido por um homem identificado como Alan de Almeida Vasconcelos, teria apresentado problemas mecânicos antes de capotar várias vezes.
A caminhonete era ocupada por oito pessoas, sendo que cinco estavam dentro do veículo e três na carroceria. O empresário identificado como "Baiano", ainda foi socorrido mas morreu ao dar entrada no hospital.
As demais vítimas foram conduzidas até a unidade de Saúde do distrito de Moraes de Almeida, município de Itaituba, para atendimentos médicos.
Conforme fomos informados, três pessoas continuam internadas em observação tendo em vista que apresentam dores no peito. As outras três sofreram escoriações e passam bem.

Por: Plantão 24horas News

terça-feira, 25 de agosto de 2020

PRF EXECUTA MANDADO DE PRISÃO EM ANAPU/PA

Nesse final de semana, por voltas das 12hrs, no Km 230 da BR-230, município de Anapu/PA, a Polícia Rodoviária Federal/PRF abordou o veículo Toyota/HILUX, foi solicitado as documentações do condutor não apresentando nenhuma restrição.
Durante consulta ao sistema do Banco Nacional de Mandado de Prisão/BNMP foi descoberto que o mesmo tinha um mandado de prisão em aberto pelo crime de extorsão, receptação, constituição de milícia privada e provocar incêndio com intuito de vantagem pecuniária, expedido em 19/09/2018 pela 1 ª Vara Criminal de Tucuruí/PA. Questionado, o detido informou que não cometeu os crimes citados.
Diante dos fatos, o condutor foi encaminhado a autoridade policial de plantão da delegacia de polícia civil de Anapu/PA para os demais procedimentos.
Site PRF

CAMINHÃO COM CACAU TOMBA NO ASSURINI, REGIÃO DE ALTAMIRA


Um caminhão carregado de amêndoas de cacau tombou, no final da tarde desta terça-feira (25), na região do Assurini, zona rural do município de Altamira, sudoeste do Pará.
De acordo com as primeiras informações, o caminhão virou próximo à comunidade conhecida como Quatro Bocas. O acidente teria acontecido porque parte da ponte de madeira quebrou quando o veículo passava pelo local.
O motorista não sofreu ferimentos.

Por: Wilson Soares 

PROFESSOR DA UFPA E ESPOSA DESAPARECEM NA REGIÃO DE ALTAMIRA.

O professor da Universidade Federal do Pará (UFPA) Nielson Fernando da Paixão Ribeiro e a esposa Chen Mei Yin, estão desaparecidos. Ele é coordenador do Programa de Pós Graduação em Engenharia Química, no campus Belém.
Carla Arnaud de Azevedo é orientanda do professor Nielson e pede ajuda para localizar o casal. “Ele marcou reunião com os alunos na segunda, dia 24/08, pois disse que sairia de Altamira no dia 23/04 de manhã e à noite já estaria por Belém. Acontece que a última visualização do whatsapp foi às 4h da manhã de domingo, e desde então, ele e a esposa que trabalha como assistente administrativa na Hidrelétrica de Belo Monte, estão desaparecidos”, explica.
A informação é de que ele a esposa foram para um churrasco no sábado (22), saíram às 21h e não foram mais vistos. Nielson dirige um carro HB20, prata, placas QDZ1364. “Entramos em contato com a empresa responsável pelas balsas. Os registros falam que o carro pegou a balsa do Rio Xingu às 6h do dia 23/08”, relata Carla.
Quem tiver qualquer informação pode entrar em contato através dos telefones (91) 98212-6068 / (93) 99121-5632/ (91) 99275-0780, além do 190.

Por:Confirma Notícia.

MULHER É ASSALTADA NO CENTRO DE ALTAMIRA; VEJA VÍDEO


Uma mulher foi assaltada na travessa Pedro Gomes, centro de Altamira, nesta segunda-feira (14). A ação foi registrada pelo circuito de vigilância eletrônica de uma de distribuidora de alimentos. Os dois criminosos não se intimidaram com a movimentação do local.
Segundo a polícia, a vítima é funcionária de um posto de combustível e se deslocava para fazer uma transição bancária quando foi abordada pelos criminosos.
O vídeo mostra o momento que a dupla se aproxima da vítima. Um dos homens pega a mochila da mulher, que tenta se soltar e deixa a moto cair. Nesse momento os dois iniciam uma luta corporal. O homem segura na blusa da vítima que tenta se livrar do criminoso e entra em uma loja.
No interior do estabelecimento comercial, funcionários e clientes se assustam com a situação e saem correndo. Nesse momento o criminoso aponta a arma para a mulher e insiste em pegar a mochila. A vítima consegue tirar uma carteira de dentro da mochila e acaba entregando a bolsa.
Um policial militar à paisana que passava pelo local percebeu a ação. O PM se esconde atrás de uma pilha de telhas e quando o criminoso sai com a bolsa em direção ao comparsa que esperava na rua em uma moto, o policial atira. Os dois não são atingidos e fogem.  O policial tenta alcançar os criminosos, mas eles conseguem fugir.
A Polícia Militar esteve no local colhendo as imagens do circuito de vigilância, que devem ajudar na identificação dos dois assaltantes. O valor levado pelos criminosos não foi informado e apesar do susto, a vítima não se feriu.

Fonte: Confirmanotícia

CARRO CAPOTA NA TRANSAMAZÔNICA NO TRECHO QUE LIGA ALTAMIRA À VILA LEONARDO DA VINCI


No asfalto, os sinais da frenagem. Era uma tentativa do motorista para tentar evitar o acidente, mas não deu certo. Ele perdeu o controle da direção e saiu da pista. O veículo capotou e caiu a poucos metros da lagoa, no o trecho liga Altamira à comunidade da Vila Leonardo da Vinci, no município de Vitória do Xingu.
Segundo moradores da área, além do motorista, outros ocupantes estavam no veículo. Todos saíram sem ferimentos graves. No meio-fio da BR ficaram as marcas do impacto.
O carro ficou destruído. Os amigos conseguiram virar o veículo e deixaram o local. Muitos objetos ficaram espalhados no chão, entre eles, um isopor quebrado. Duas latinhas de cerveja foram encontradas. O motorista não foi identificado.

Por: Confirma Noticia.

CHUVA CAUSA TRANSTORNOS À MORADORES DAS CASAS POPULARES EM BRASIL NOVO


As chuvas que caíram durante esta segunda-feira (24) em Brasil Novo, trouxe contentamento aos agricultores, mas também transtornos aos moradores do Conjunto de Casas Populares no município de Brasil Novo no sudoeste do Pará.
Nas imagens enviadas ao Blog Brasil Novo notícias é possível ver como ficaram algumas residências após a chuva. Moradores relataram que as obras de terraplanagem que estão sendo realizadas no local contribuíram para que as casas fossem alagadas pela chuva – “Isso não pode acontecer! É muito ruim ver as coisinhas que a gente consegue com tanto sacrifício se acabando dessa forma por causa disso daqui. ” – Comentou uma moradora que prefere não ser identificada.
O Blog Brasil Novo Notícias entrou em contato com o governo municipal que lamentou o corrido e disse que a situação será resolvida com a conclusão da obra – “Infelizmente é impossível realizar uma obra sem causar nenhum transtorno à população e essa obra tem por objetivo levar mais conforto aos moradores e uma coisa que não podemos controlar são as intemperes da natureza. O que nos deixa triste também, é vê que sempre tem alguém querendo se dar bem fazendo jogo político encima de tudo, como foi neste caso, mas assim que concluirmos essa obra com asfalto, meio fio e as saídas d’água necessárias esses problemas não existirão mais, só que neste momento não podemos fazer nada, a não ser esperar a estiagem, para darmos continuidade e concluirmos essa obra que será muito importante para as pessoas que residem nas casas populares. ” – Respondeu o Prefeito Alexandre Lunelli.
A Cidade de Altamira também apresentou diversos pontos de alagamentos e o tráfego na transamazônica ficou comprometido durante horas por causa da chuva forte.
Por: Brasil Novo Notícias

ENCERRADA OPERAÇÃO CACHOEIRA QUE COMBATEU ILÍCITOS AMBIENTAIS EM URUARÁ/PA

Foi encerrada na última sexta-feira, 21 de agosto, a Operação Cachoeira, que realizou ações preventivas e repressivas contra delitos ambientais, direcionadas ao desmatamento ilegal e ao manejo ilegal de madeira nas serrarias do município de Uruará, no sudoeste do Pará, dentro do contexto da Operação Verde Brasil 2.
 
A ação aconteceu entre os dias 17 de junho e 21 de agosto de 2020 e foi executada em cooperação e coordenação do 51º Batalhão de Infantaria de Selva (51º BIS), Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Força Nacional de Segurança Pública (FNSP).
Durante a Operação, foram apreendidos mais de 810 m³ de madeira, 311 maquinários e 10 veículos utilizados no processamento e transporte ilegal da madeira. Também foram realizadas 4 prisões em flagrante delito, 30 inspeções de serrarias e efetuadas 73 multas, contabilizando mais de R$ 63.440.000,00.
 
Na oportunidade, também foram realizadas Ações Cívico-Sociais, como a distribuição de 60 cestas básicas para famílias carentes da região e ações de higienização em locais de grande circulação. Além disso, o Exército Brasileiro realizou apoio médico ao Hospital Municipal de Uruará.
 
A Voz do Xingu com informações da Ascom 51º BIS

CRIANÇA MORRE APÓS RECEBER DESCARGA ELÉTRICA DE CELULAR EM SANTARÉM

Um menino de 11 anos teve uma parada cardiorrespiratória e morreu depois de sofrer uma descarga elétrica de um celular que estava carregando. A criança, identificada como Matheus Macedo Campos chegou a ser socorrida, mas não resistiu. O caso ocorreu no último domingo, 23, no município de Santarém, oeste do Pará.
Durante o acidente caía uma forte chuva na cidade. De acordo com familiares, o menino  brincava no telefone conectado na tomada, quando recebeu a descarga elétrica
O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e a criança sofreu uma parada cardiorrespiratório a caminho do hospital, mas foi reanimado e o coração voltou a bater.
No entanto, ao chegar na unidade hospitalar, a vítima teve mais uma parada e, mesmo após novas tentativas de reanimação, não reagiu.

Fonte: G1